«

»

Ago 20

Respeitando espaços

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×


Ontem uma frase em uma música foi o estopim de um turbilhão de pensamentos.

 

I just stand by and let you fight your secret war“… Joey, Concrete Blonde.

Para os maníacos por controle isso deve ser assustador, mas os relacionamentos são assim. Cada um, interiormente e secretamente, luta uma guerra com a própria mente. Entendo que  aceitar e respeitar isso é o cerne de um relacionamento saudável.

A cada dia nos são dadas oportunidades de reanalisar as situações que vivemos, de vê-las sob outro ângulo. Mas quando as vivências são chanceladas ou reprovadas pelo outro, acabam sendo formatadas, rotuladas – e perdemos a chance de ressignificá-las por nós mesmos.

Por isso existem aspectos de nós que jamais são abertos ao outro, talvez a ninguém: porque queremos ter a chance de promover a reforma interna sem que isso seja constantemente analisado. Existem, inclusive, aspectos que nós mesmos desconhecemos. Outros que queremos abandonar.

Isso também é liberdade.

É difícil encontrar o ponto de equilíbrio entre as imposições sociais (para mim um verdadeiro adestramento mental) e os instintos. Depois, entre os instintos e os compromissos. Depois, entre os compromissos e o coração.

Nessa confusão de vetores parece quase impossível saber a direção certa. Escolher entre tentar mais um pouco ou desistir acaba sendo o jogo da vida. Com apenas uma regra: tudo é experiência, desde que a culpa não caiba na sua mochila.

A nós são apresentadas (e incansavelmente reapresentadas, se necessário for) as experiências que desejamos viver, seja por plano, seja por criação mental/atração. De qualquer forma e sob qualquer ângulo, somos integralmente responsáveis pela nossa situação presente – e o agora é inevitável.

Sejamos, portanto, alerta. Podemos ser senhores ou escravos das nossas criações, das nossas projeções mentais.

Plante o que você deseja colher. Ofereça o que você gostaria de receber.

Seja grato. Seja positivo. Seja otimista.

… and it all comes back to you.

Talita Rebello

19/08/2015

Fonte: http://talitarebello.blogspot.com.br/

Deixar uma resposta

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×